5 negócios em alta para 2021: ideias de empreendedorismo para o e-commerce

Notícias

Tá a fim de saber quais são os negócios em alta em 2021? Então você chegou ao lugar certo!

Nesse artigo vamos te contar 5 ideias de negócios lucrativos que bombaram em 2021 e que podem ser colocadas em prática tanto por quem está querendo começar a empreender como por quem já vende na internet.

Ficou interessado? Então vem com a gente descobrir novas formas de oferecer seus produtos ou saber o que vender para ganhar dinheiro com pouco investimento! Confere só!

Navegação rápida [Mostrar]

Panorama do e-commerce em 2021

Vamos começar te contando como está o cenário do mercado para quem vende pela internet. Entender esse panorama é muito importante para se ter sucesso na sua estratégia de atuação.

Diferente da grande maioria dos setores da economia, o ano de 2020 foi muito lucrativo para o e-commerce. Esse resultado foi alcançado graças a fatores como a mudanças no comportamento do consumidor durante a pandemia, o que fez com que novos públicos passassem a comprar pela internet.

Em 2021, os números seguem expressivos. Segundo o relatório Webshoppersproduzido pela Ebit | Nielsen, já no primeiro semestre houve um crescimento de 35% no número de compras online em relação ao mesmo período do ano passado. Esse resultado inicial faz as expectativas para o segundo semestre de 2021 serem as melhores possíveis.

Outra boa notícia para quem pensa em empreender na internet é que muitas dessas pessoas que começaram a fazer compras no mundo digital não pretendem voltar a consumir exclusivamente nos canais tradicionais.

Esse foi um dado apontado pelo levantamento Future Shopper Report 2021, em que 72% dos entrevistados afirmaram pretender continuar comprando pela internet, mesmo com a reabertura total do comércio tradicional.

Por isso, o segredo para um negócio de sucesso em 2021 é estar atento aos hábitos de consumo do “novo normal” e já estar preparado para a realidade do pós-pandemia.

A seguir vamos te revelar os negócios mais promissores para 2021, todos baseados em tendências de mercado e número de pedidos realizados ao longo do ano. Confira!

Ideias de negócios lucrativos para 2021

1 – Produtos de informática e eletrônicos

Se tem uma categoria de produtos que está se destacando por sua alta demanda em 2021 são os produtos de informática e eletrônicos em geral.

É isso que aponta o estudo realizado pela Neotrust, com dados coletados no primeiro semestre, onde os itens de informática e comunicação foram responsáveis por 43,2% das compras online feitas no Brasil, seguido por móveis e eletrodomésticos (27,65%) e moda e vestuário (10,1%).

As principais causas desse volume expressivo de pedidos são a necessidade das pessoas em digitalizar a comunicação e também pelo trabalho remoto, que, para muitos, irá se manter nesse formato mesmo depois da pandemia.

E você não precisa vender apenas produtos de alto custo, como notebooks, monitores e cadeiras gamer. Uma ótima forma de começar nesse setor é investindo em componentes mais baratos como mouses, cabos e cartões de memórias, que têm alta rotatividade, baixo custo de aquisição e envio barato para qualquer região do Brasil.

O grande segredo desse segmento é trabalhar com bons fornecedores, os melhores e mais baratos são encontrados via importação.

Dica de frete do Melhor Envio: uma forma barata e segura de garantir a integridade de pequenas remessas desse tipo de negócio é investir nos envelopes de segurança, que contam com plástico bolha já aplicado em seu interior.

2 – Moda

Empreendimentos no setor de vestuário sempre estão em alta, mas para vencer a concorrência é preciso ficar de olho nas tendências do mercado, para assim descobrir novos nichos de atuação.

Lojas virtuais de roupas femininas e masculinas foram um dos destaques do e-commerce em 2021 (foto: Freepik)

3 exemplos de segmentos de moda super aquecidos em 2021 são:

  •  Slow fashion –  movimento da moda ligado ao consumo consciente, que prioriza peças feitas por produtores locais em detrimento de coleções produzidas em massa por grandes marcas.
  • Brechó virtual – surfando na onda retrô, que segue forte nos últimos anos, abrir um brechó online, com itens pessoais que estão parados no fundo armário ou revendendo peças garimpadas em fornecedores exclusivos, é uma tendência que segue forte tanto nas redes sociais como em marketplaces dedicados ao setor, como Enjoei.
  • Moda Plus Size – um dos líderes de buscas na internet quando o assunto é moda masculina e feminina. Mesmo que você não trabalhe exclusivamente com roupas na modelagem Plus Size, tenha sempre peças desse tipo em sua loja virtual.

Dica de frete do Melhor Envio: quem trabalha com moda na internet precisa dar destaque à marca da sua loja sempre que possível. Por isso, invista em caixas e embalagens personalizadas com a sua logo estampada.

Lembre-se, recebidos criativos e personalizados qualificam a experiência do cliente e tornam sua marca memorável.   

3 – Clube de assinatura

Um clube de assinatura é um modelo de negócio que consiste na venda de produtos ou serviços exclusivos e com entrega periódica.

Logo de cara, já dá para notar que esse formato é uma ótima saída para manter um nível constante de vendas dentro de um e-commerce. Mas será que só as grandes marcas podem usar dessa estratégia de negócio? A resposta é um sonoro não.

Clubes de assinatura são uma forma de venda muito popular nos Estados Unidos e que, nos últimos anos, ganhou força no Brasil. Em 2021, esse tipo de negócio começou a ser explorado também por pequenos e microempreendedores.

Esse é o caso da Dragê Confeitaria, que conta com planos variados de bolos, barras de chocolate e outras guloseimas. Em uma das modalidades de assinatura, é possível receber brownies de diferentes sabores todo final de semana na porta de casa. Tentador, não?!

O formato mais usado nesse sistema é o plano mensal, mas não existe uma regra definida. Inclusive, é recomendado oferecer mais opções aos clientes, como planos trimestrais ou semestrais.

Confira algumas vantagens dos clubes de assinatura, tanto para quem vende como para quem compra:

Vantagens de um clube de assinaturas para quem vende

  • Taxa de fidelização de clientes elevada.
  • Maior previsibilidade tanto dos custos como das vendas geradas por sua loja virtual.
  • Aumento do Lifetime Value, ou seja, o tempo que o cliente compra na sua loja.
  • Favorece o reconhecimento da sua marca dentro do seu nicho de atuação.

Vantagens de um clube de assinatura para quem compra

  • Praticidade.
  • Produtos exclusivos e selecionados por uma curadoria especializada.
  • Oportunidade de conhecer uma variedade de produtos diferentes.
  • Ótimo custo-benefício.

Ideias para clubes de assinatura em 2021

Normalmente, quando falamos em clubes de assinatura, nos vem à cabeça clubes de vinho como o Wine, mas as possibilidades são as mais variadas, basta encontrar um nicho de mercado certo em que o seu negócio possa atender. Separamos algumas ideias para você:

Livros 

Envio mensal de títulos novos, exclusivos ou temáticos. Os kits literários voltados para o público infantil são muito populares entre os pais e um sucesso com a criançada.

Clubes literários também são uma ótima oportunidade que os donos de livrarias têm para distribuir seus produtos ao mesmo tempo que criam comunidades de discussão, que nesse meio costuma ser muito atuante, em torno da sua marca.

Produtos de beleza

Caixas personalizadas com kits de produtos de beleza, como cosméticos e perfumes, farão com que os assinantes fiquem ansiosos pela próxima edição.

A melhor dica para esse tipo de clube é não ficar preso exclusivamente ao público feminino e oferecer também planos com produtos masculinos.

Alimentos

Esse é o tipo de clube de assinatura mais comum e popular no Brasil, principalmente quando falamos de clubes de cerveja, vinhos e café.

No entanto, nos últimos anos, os clubes de alimentos saudáveis e restritivos estão ganhando espaço. E, claro, os clubes dedicados a doces e chocolates também são uma ótima pedida!

Mas atenção! Clubes de assinatura que trabalham com alimentos podem ficar limitados ao comércio local, caso trabalhem com itens perecíveis. O processo de embalo e envio desses produtos também necessitam de cuidados especiais para garantir o recebimento do pedido nas condições ideais de consumo.

Existe ainda uma infinidade de outros nichos de atuação no sistema de clube de assinaturas, basta identificar um público-alvo que o seu negócio possa atender.

Para te ajudar nessa missão, separamos alguns clubes de assinaturas para inspirar o seu negócio:

Dica de frete do Melhor Envio: ter que pagar, além da assinatura, um valor de frete todo mês será um impeditivo para muitos interessados no seu negócio. Por isso, tente oferecer frete grátis, pelo menos para as principais regiões do país.

Para saber como oferecer frete grátis sem comprometer a sua margem de lucro é só conferir esse conteúdo que criamos só sobre o assunto:

4 – Dropshipping

Já pensou começar a vender pela internet sem ter o produto em mãos ou um estoque físico para a sua loja? Com o dropshipping isso é possível!

dropshipping é um modelo de negócio em que a loja virtual realiza suas vendas e uma empresa fornecedora fica responsável pelo armazenamento, estoque e entrega dos produtos. Tudo isso em nome da sua loja!

Isso ocorre pois, no dropshipping, o lojista assume um papel de intermediário, tendo seus esforços voltados exclusivamente para aquisição de novos clientes e vendas, enquanto o fornecedor cuida da parte logística e do pós-venda.

Esse modelo de negócio até pode ser implementado por quem já possui um site próprio, mas esse é um tipo de atuação muito mais comum entre pequenos empreendedores que trabalham em marketplaces como Mercado Livre, Amazon e Shopee.

Você deve estar se perguntando agora: mas quais as vantagens e desvantagens de se vender no formato dropshipping? Vamos às respostas!

Principais vantagens de se trabalhar com dropshipping

1 – Com a eliminação das tarefas logísticas, todo o negócio pode ser gerenciado por uma única pessoa.

2 – Investimento inicial muito baixo para quem está começando a vender pela internet.

3 – Sem necessidade de ter o produto físico ou um estoque, basta um notebook ou um smartphone para colocar a operação no ar.

4 – Processos de pós-venda como atendimento, troca e devoluções por conta do fornecedor.

Principais desvantagens de se trabalhar com dropshipping

1 – Impossibilidade de controlar ou ajustar detalhes da operação.

2 – Problemas com o recebimento do produto e outros erros ocasionados pela empresa parceira podem afetar a reputação da sua loja.

3 – Margem de lucro menor em comparação a um e-commerce tradicional, uma vez que o lojista recebe uma comissão pela venda.

4 – Outros lojistas que trabalham com o mesmo fornecedor dropshipping venderão os mesmo produtos que você, o que aumenta a concorrência.

Confira algumas empresas que trabalham no formato dropshipping:

Se você se interessou por esse tipo de mercado, confira esse nosso artigo onde falamos sobre o que é necessário para começar o seu negócio dropshipping:

Dropshipping: Como começar a sua loja virtual sem estoque físico

Dica do melhor Envio: trabalhar com empresas de dropshipping que estão localizadas fora do país, incide em um prazo de entrega maior e eventuais pagamentos de taxas aduaneiras. Uma boa forma de contornar esse problema é dar preferência para os fornecedores de dropshipping nacionais

5 – Sex Shop

De acordo com pesquisa apresentada pelo portal Pequenas Empresas Grandes Negócioso número de empreendedores no mercado de sex shops triplicou durante a pandemia, movimento resultante da disparada de pedidos de um segmento de mercado que já era bem aquecido antes do período de isolamento.

A pesquisa revelou que um dos motivos que explica o aumento de lojistas de produtos eróticos na internet é o fato deste ser um negócio que pode ser gerenciado por uma única pessoa, onde 47% dos lojistas entrevistados afirmam trabalhar por conta própria, sem a contratação de nenhum funcionário.

Outra característica desse mercado é que, historicamente, a compra de produtos eróticos é mais comum entre pessoas com relacionamentos estáveis e, como esperado, foi exatamente esse público o que mais comprou em 2021.

Segundo o levantamento, houve um aumento de 47,4% no número de pedidos de clientes que buscam novidades para apimentar o relacionamento. O número de pedidos entre os solteiros também aumentou, com um crescimento de 18,4%.

Separamos alguns pontos fortes e desafios para quem pensa em investir em um dos mercados que mais cresceu em 2021.

Pontos fortes do mercado de sex-shops:

  • Alto índice de recompra.
  • Para manter a discrição, o público-alvo compra preferencialmente pela internet.
  • Novos públicos começaram a comprar em sex shops durante a pandemia.

Principais desafios do mercado de sex shops:

  • Aumento do custo de itens importados (os mais populares do segmento).

Dica de frete do melhor Envio: a chave para oferecer uma boa experiência de compra por aqui é garantir a discrição das remessas. Sendo assim, tome cuidado ao escolher o nome social da sua empresa e o tipo de embalagem usado nos seus envios. Esses dois pontos não podem revelar a origem ou conteúdo do pacote.

(foto: Freepik)

5 negócios em alta para 2021 | Blog Melhor Envio

fonte: blog.melhorenvio.com.br/negocios-em-alta/